Coma bananas e fique mais inteligente

Mens sana in corpore sano!” Assim começavam todas as aulas de jiujítsu com o prof. Jacê. Dizia o velho mestre: Se mantiverem o corpo são serão inteligentes e vencedores. Eram os idos de 1970. Nós, crianças em geral, ouvíamos ávidos, diariamente, quase como se fosse uma prece.  “Mens sana in corpore sano!

A ciência progrediu muito. Hoje, um tanto quanto mais velho, pratico uma dieta flexível, baseada nas pesquisas mais recentes. Tenho certeza que meu velho mestre não aprovaria minha vida sedentária. Aprovaria, no entanto, a dieta que tento manter.  Precisamos abraçar cada pequena chance de melhorar nossas vidas que encontramos por ai.

como ficar mais inteligente

Por TEDxPioneerValley2012

Uma mente sã em um corpo são, determinam o sucesso escolar, empresarial e pessoal. De tempos em tempos, é saudável e aconselhável lembrar que o corpo precisa de cuidados. Notadamente, o cérebro.

Centro da decisão e do comportamento,  o cérebro merece atenção especial. Este pequeno órgão, responsável por pouco menos de 2% do peso corporal, queima pouco mais de 20% de todas as calorias que consumimos.  Sim, pensar queima calorias.

Quando estamos mais ativos, resolvendo as grandes questões da existência, ou um problema de matemática,  existem mais neurônios ativos, criando novos neurotransmissores. Os neurônios, as células do cérebro requerem duas vezes mais energia que as outras células do seu corpo. Isto ocorre porque estas células estão em constante atividade. Mesmo quando você está dormindo.

Este processo de criação de sinapses, através dos neurotransmissores, queima calorias e está diretamente relacionado ao processo de aprendizado. Criar novas sinapses queima mais caloria que ativar sinapses que já existem. Aprender queima mais calorias que lembrar.  Aqui, fica interessante destacar que o cérebro do bebê queima muito mais calorias que um cérebro adulto. Talvez por que o bebê esteja muito mais engajado no processo de aprendizado.

Esta queima de calorias pelo cérebro requer um suprimento constante de glicose. O cérebro recebe a energia que necessita através dos carboidratos recentemente consumidos (frutas, vegetais, cerais). Apenas em casos extremos é que o cérebro recorrerá a outras fontes de energia.  Estudos recentes  atribuídos a Michael Green of Aston University parecem indicar que o cérebro funciona melhor com uma quantidade constante de glicose no seu sangue. Aproximadamente a quantidade que você consegue comendo uma banana.

O importante é ter em mente que carboidratos complexos, como os que encontramos em frutas são absolvidos mais lentamente pelo organismo, mantendo um nível constante de glicose, o que parece ser bom para o corpo em geral e para o cérebro em particular.  A ideia aqui é manter este nível constante. Várias refeições por dia são melhores que duas ou três e uma banana pode ser tudo o que você precise para manter seu cérebro a todo vapor.

Por outro lado carboidratos simples, são absolvidos rapidamente e causam um pico de glicose no sangue. Este ano, descobrimos que altas quantidades de açúcar fazem com que os ratos fiquem mais estúpidos.


A pesquisa conduzida pelo Dr. Fernando Gomez-Pinila da Universidade da Califórnia em Los Angeles mostrou que ratos alimentados com grandes quantidades de xarope de milho de alta frutose, usado em muitos alimentos industrializados, principalmente nos EUA, perderam a capacidade de raciocínio. O que me preocupa aqui é que vários refrigerantes cola estão na lista dos produtos que usam e abusam do tal xarope.

A coisa por lá ficou tão feia que a FDA, órgão todo poderoso responsável pela liberação de remédios e alimentos, acaba de negar uma requisição das refinarias para trocar o nome do xarope de milho. Afinal, ninguém quer usar um produto que pode fazer os consumidores mais burros.

A pesquisa do Dr. Gomez-Pinila também indicou que alimentos ricos em Omega-3 podem reverter o processo e fazer os ratos mais inteligentes.  O ômega-3 é um ácido graxo normalmente encontrado em peixes. Pontos para o Salmão e a Sardinha que contém grandes quantidades deste ácido.  Se não gosta de peixe, não fique triste, sempre teremos o Kiwi e as nozes.

Ao que parece Caco Antíbes estava errado. Babana faria bem a Magda!

3 thoughts on “Coma bananas e fique mais inteligente

  1. […] comentamos sobre os benefícios da banana, da sardinha e do açaí. A banana, rica em carboidratos complexos, a glicose do bem, ajuda no funcionamento do cérebro fornecendo a […]

  2. […] escrevi um artigo sobre os benefícios da banana e da sardinha. Destacando o efeito benéfico da banana, e carboidratos complexos, no processo de aprendizado e […]

  3. […] rica em fibras solúveis que ajudam na diminuição do colesterol ruim. Banana um dos melhores alimentos para o cérebro. Esta semana uma grande amiga me passou uma deliciosa receita, simples de bolo de banana com aveia. […]

Comments are closed.